“Às vezes você só percebe o valor de algo quando se torna uma memória.”Dr. Seuss
Fotografia é pra matar saudade. Saudade que bate quando a gente menos espera, seja a saudade daquela barriguinha de grávida, daquelas gargalhadas inocentes e tão cheias de vida do seu bebê, daquele abraço apertado do seu amor de forma tão despretensiosa. Saudade da festinha inesquecível que você preparou com todo amor e carinho para a sua pessoa favorita no mundo, saudade do pequenininho que se tornou um inevitável crescer…  E é em meio a essas saudades que a fotografia chega para diminuir a distância entre passado, presente e futuro.

Vamos encurtar distâncias?